Thursday, January 04, 2007

Tocou-me Elvis presley


"CERTA VEZ EM UM SHOW O PUBLICO LEVANTOU UMA FAIXA DIZENDO "ELVIS O REI" ELE PAROU O SHOW E DISSE "NÃO JESUS E O REI."


"...TODO O SER QUE RESPIRA, LOUVE AO SENHOR!!!" Salmos 150:06

Elvis Presley! Nasceu em East Tupelo, Mississipi, EUA no dia 08/01/1935, Filho depais muito pobres, cresceu em contato com a música negra na igreja Assembléia de Deus. Aos 13 anos mudou-se com seus pais para Memphis, onde alguns anos depois foi descoberto como grande talento vocal por Sam Philips, dono de uma pequena gravadora, quando, como motorista de caminhão, parou em frente da gravadora para gravar uma fita que daria de presente para sua mãe, em seu aniversário. Sua música era o Rhythm and Blues, ritmo de origem negra bastante usado nos cânticos das igrejas que daria origem ao que hoje conhecemos como Rock'n Roll, que por ter em Elvis o único branco que realmente cantava com o sentimento de um negro, anos depois o consagrou como o Rei do Rock'n Roll. Gravou muitos discos e filmes sendo desses discos aproximadamente 6 a 8 discos evangélicos, incluindo os discos de natal, que venderam muito menos que os outros, mas que lhe renderam 3 prêmios GRAMMY . HOW GREAT THOU ART (Quão Grande és Tu) - 1967 - lhe rendeu o primeiro prêmio Grammy, o Oscar da música americana e HE TOUCHED ME (Tocou-me) - 1972- lhe rendeu 2 prêmios Grammy.
Até hoje Elvis Presley é muito admirado e muito criticado por pessoas de todo o tipo, de militares e a religiosos, mas sua verdadeira história mostra que as acusações que lhe são apontadas são em sua maioria falsas. A principal acusação que lhe atribuem é de ter sido um usuário de drogas, quando na verdade as drogas que ele usava eram remédios indicados pelos médicos que o acompanhavam em seu trabalho, devido aos seus sérios problemas de saúde. Ao contrário de alguns artistas com quem convivemos nos dias de hoje Elvis nunca fez apologia às drogas. Ele foi apenas um ser humano comum, com defeitos como todos nós, mas também com uma incrível necessidade de Deus, do qual sempre se lembrava, não tendo vergonha de parar o andamento de um show secular, para cantar hinos de louvor a Deus, hinos que o acompanhavam desde pequeno, e com os quais se aquecia em seus ensaios. Não estou aqui para defender ou julgar ninguém, mas o repertório de hinos e músicas evangélicas gravadas por Elvis Presley, são um dos muitos tesouros que deveriam ser conhecidos pelos cristãos. O sentimento com que cantava esses hinos deveriam ser um exemplo para nós, de como um miserável pecador pode louvar ao Deus que o criou, através desse dom maravilhoso que Deus nos concedeu: O dom de cantar.